Eu sempre falo aqui que hamsters são animais pequenos e sensíveis, e qualquer doença pode acabar com eles rapidamente. De acordo com “The Language of Hamsters” (Erika Sorocco, Critters Annual; 2009) eles tentam esconder qualquer sintoma de doença para não parecerem presas fáceis. Sempre inspecione o seu animal, verificando dentes, corpinho, e ouvindo a sua respiração de perto. Tire um tempo diário para conhecê-lo, assim, se você notar qualquer coisa diferente do habitual, talvez seja um sinal de doença e será preciso tomar algumas atitudes para evitar que o animal faleça. Continue lendo para aprender a identificar sinais de problemas respiratórios e saber quais medidas preventivas você pode tomar.

Photo by Martin Widlund on flickr

Doenças respiratórias em hamsters estão entre as mais relatadas. Existem vários fatores que podem causá-las, e muitas vezes a falta de imunidade — em consequência de serem animais vindos de petshops sem nenhum critério de boa reprodução e de alimentação inadequada — acaba sendo a maior responsável pelas doenças. Por isso, lembre-se sempre de avaliar se a dieta do seu animal está mesmo adequada e faça de tudo para mantê-lo saudável, pois isso é importante e faz parte do ato da guarda responsável.


Identificando sintomas de uma doença respiratória:
Os sintomas consistem em dificuldade para respirar, espirros, “cliques”, secreções nasais e secreções avermelhadas nos olhos. Dependendo da doença que se trata, a temperatura do animal pode diminuir, ele perde o apetite e fica letárgico. A gravidade do problema nota-se pelos sintomas, e se seu animal apresenta um ou mais desses sintomas, o ideal é procurar auxílio veterinário para avaliar o caso e entrar com as medicações, que são diferentes de caso pra caso.

Causas e tipos de problemas respiratórios:
Hamsters estão suscetíveis a resfriados e viroses. Também estão suscetíveis a alergias respiratórias provenientes de cheiro forte em produtos químicos, tais como perfumes, desinfetantes, cigarro e inseticidas. Mantenha a gaiola do seu animal em uma distância segura enquanto faz uso desses produtos. Infecções respiratórias, pneumonia e até mesmo o fungo aspergillis (que se desenvolve na urina dos hamsters) podem ser os causadores do problema. Atente para o fato de que alguns hamsters podem fazer alguns barulhos enquanto dormem, e isso não quer dizer que estão doentes. Porém, só conhecendo bem o seu animal você pode saber se é algo incomum ou não.

Alergia à forração:
Em alguns casos o hamster pode desenvolver alergia à maravalha/serragem. Não é algo muito comum, mas muitos tutores de hamsters norte-americanos reprovam o uso dessa forração por muitas vezes terem ouvido falar ou sofrido com problemas respiratórios em seus hamsters devido ao uso do produto. Um hamster que tem alergia a forração pode ter crises pro resto da vida ainda que o tutor use outro tipo de forração, pois o animal acaba contraindo uma pneumoconiose, que leva à formação permanente de tecido cicatricial no parênquima pulmonar, resultante da inalação do pó da serragem. Por isso, sempre escolha a serragem que possuir menos pó e se puder, peneire antes de usar.

* O pinus, infelizmente, possui um componente alergênico. Neste caso, se a alergia for ao pinus e não ao pó, não utilize forrações a base deste material. 

Como prevenir as doenças respiratórias:
Não exponha o seu animal à climas frios e ventos fortes. Mantenha a gaiola em local seguro, onde não passem correntes de ar. Não dê banho no animal. Caso você esteja com uma gripe ou resfriado, evite brincar com o hamster, e não permita que crianças doentes ou qualquer outra pessoa o toquem. Sempre lave as mãos antes e depois do contato com o animal. Caso queira, você também pode dar preferência para o uso de outras forrações, como granulado de madeira e pipi pet wc, que são os mais seguros contra alergias. Doenças respiratórias na maior parte dos casos é contagiosa, então jamais toque no hamster doente e depois no saudável. Aconselho até que se mantenha uma distância segura entre os alojamentos.

Photo by Linda on flickr


Em caso de extrema emergência, tome algumas atitudes:

Importante: Esse procedimento não dispensa a visita ao veterinário. A medida só deve ser tomada em circunstâncias extremas, caso você não tenha acesso ao veterinário no meio da noite ou em um feriado, por exemplo, e seu hamster apresente um quadro grave com queda de temperatura e dificuldade para respirar e se locomover. O procedimento apenas vai tirar o seu animal da zona de perigo, mas o veterinário precisa ser consultado para analisar o quadro do animal e começar o tratamento.

Você precisa de: Tomilho fresco, conta-gotas, xícara de chá e água. 

Modo de preparo: Coloque de 10 a 12 raminhos de tomilho na xícara, ferva água e despeje até cobrir o tomilho. Espere esfriar. Depois de pronto, coe para remover a erva. 

Enquanto espera, faça um ninho pro seu hamster com papel higiênico neutro e coloque alguns ramos de tomilho. Mantenha-o aquecido e massageie o animal. Pegue um raminho de tomilho e esmague nos seus dedos na direção do nariz do hamster. Isso vai ajudar no processo de descongestionamento nasal. 

Quando o chá estiver em temperatura ambiente, dê algumas gotinhas na boca do seu hamster. Continue observando e esmagando o tomilho perto do nariz para que ele melhore ainda mais sua respiração. Sempre tente mantê-lo aquecido. Quando notar que o hamster está voltando à temperatura normal e respirando melhor, é sinal que a erva já está fazendo efeito. Fique observando o seu animal durante todo o tempo, tente acordar algumas vezes durante a noite para ter certeza que ele está fora da zona de perigo, caso contrário esmague mais erva perto do seu nariz e tente aquecê-lo com mais papel ou segurando em suas mãos. 

Sempre tente massagear e aquecer o animal, ainda que ele queira ficar quieto. O metabolismo dos hamsters é bem rápido, e da mesma forma com que adoecem muito rápido, podem se recuperar muito rápido também. Por isso tente sempre estimular o seu pet para que ele apresente alguma reação e melhora. Todas essas dicas são da MissPixy.

A razão pela qual esse procedimento ajuda é que o Tomilho é uma erva descongestionante e antibiótico natural, e usado corretamente não oferecerá riscos à saúde do hamster. 

Espero que tenha entendido e que nosso post possa ser útil. Qualquer dúvida, nos escreva! Beijos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...