Muito falamos sobre posse responsável, mas hoje decidi abordar diretamente esse assunto. Sem dificuldades, sem complicações, bem fácil de entender. Continue lendo e comece a fazer a sua parte.

Photo by astakatrin on flickr

Não é lindo quando você entra no petshop procurando um animalzinho pra ser o seu companheiro e se depara com um monte de bebês hamsters e se apaixona à primeira vista?

Pois é. Nada é tão lindo quanto parece. Mas não estamos aqui para julgar quem compra os animais e nem que os vende. Não é sobre isso que se trata a posse responsável. É sobre você.

Mas o que é Posse responsável? É saber que o seu filhotinho cresce. E que adulto ele pode não superar todas as suas expectativas, pode morder, pode gostar de ficar dormindo e não ser o seu bibelô o dia inteiro.

É entender que você é responsável por outra vida além da sua. Assim como uma mãe cuida do seu bebê, você terá que cuidar do seu hamster. Porém o hamster sempre vai ser uma criança que depende muito de você para se alimentar, para ir ao veterinário, para ter uma vida saudável, para não ficar entediado, para brincar, para beber água fresca potável, para se abrigar do frio e para ter sempre um “quarto” limpo.

Antes de adquirir um animal você precisa estar ciente de que você é obrigado a dar uma vida digna pra ele. Porque você o comprou, tirando a vez de outra pessoa que poderia dar uma vida bem melhor.

Entenda que dar uma gaiola com mais de 2 andares, larga e comprida não é luxo. É necessidade. Hamsters podem cobrir uma área de 8km diários em seu habitat natural, e nada mais justo do que oferecer um ambiente grande o suficiente para que ele se exercite e monte sua moradia.

Photo by csquar3d on flickr

Alimentar o seu hamster com a ração correta não é bobagem. É oferecer a ele tudo o que ele precisa para estar saudável, assim como manter uma dieta equilibrada oferecendo vegetais fresquinhos e proteína com datas certas é essencial. Sei que muita gente torce o nariz quando tratamos desse assunto por não gostar do que está lendo. Muitas pessoas estão abertas a aprender e mudar o que está errado, mas infelizmente a maioria não gosta de ser corrigida e acha besteira pagar “caro” para dar coisas a um animal que custou 10R$ e vai morrer “logo”. Também já ouvi muitos “mas ele não comeria essa ração na natureza!”, e posso te garantir que ele também não comeria muita coisa do mix de sementes na natureza, mas por estar em um ambiente natural seguiria seus próprios instintos para se alimentar de forma balanceada. Ele não tem como fazer isso estando preso em gaiolas na sua estante, e é a sua obrigação oferecer tudo o que ele precisa para ficar saudável. Se a coisa toda é o hamster não comer certas coisas porque no habitat não teria, entenda que você também não poderia simular uma alimentação natural sem ter uma enorme variedade de insetos e grãos provenientes do continente asiático e etc. Deu pra entender a linha de raciocínio?

Se continuarmos com essa mentalidade pequena, a criação desses animais sempre vai ser precária, sempre terão os criadores de fundo de quintal que só querem lucrar às custas de seres vivos. Criadores de verdade são aqueles que se dedicam e criam porque têm paixão e fazem aquilo com toda a sua excelência, e ganham dinheiro porque seu trabalho tem valor. 

Photo by {nath} on flickr

Estar lendo esse blog é um passo enorme. Significa que você é responsável e quer mudar, quer aprender, quer entender do que o seu animal precisa para poder dar isso a ele. Mas eu sei que tem muita gente curiosa que lê e não absorve nada do que é passado. Sinceramente, não sei se essas pessoas têm solução, mas faço o meu trabalho com a mesma motivação, sempre tentando alcançá-las.

Antes de mais nada, tente sempre entender o seu animal. Tente aprender, pesquisar o quanto puder, tudo para que você possa fazê-lo feliz. É ele quem precisa de você, e não o contrário. Sempre avalie se você tem o dinheiro para mantê-lo, se você têm uma boa quantia caso precise gastar com veterinários, se você pode sempre adaptar a rotina dele à sua. Por vezes queremos muito um bichinho e insistimos nisso o tempo inteiro, mas devemos pensar se podemos arcar com as despesas e dar a ele o melhor que merece. Repense sempre os seus conceitos e as suas atitudes e seja um tutor consciente e responsável. 

Aproveite para dar uma lida rápida nos nossos posts mais importantes. Não custa nada tirar meia hora para saber o que você faz de errado e corrigir. Sempre tem uma solução, e você precisa estar pronto para tomar decisões difíceis como fazer uma doação para alguém que possa cuidar melhor que você, caso seja necessário. Manter um animal em casa não possuindo tempo e dinheiro para cuidar dele como merece é egoísmo. Lembre-se: Negligência é uma forma de maus tratos, e maus tratos é crime. 

Animais não são enfeites! Você é responsável por eles, pense muito bem nisso antes de levar qualquer animal para a sua casa.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...