Um hamster roendo seu próprio pé ou qualquer outra parte do corpo pode indicar um problema. Coceiras, micoses, alergias, dor e até problemas neurológicos podem estar afetando o seu pequeno dentuço.

Photo by Donald Durham on flickr

Não é muito normal os hamsters roerem o próprio corpinho, sendo mais comum roerem as patas e perninhas. Roer a si mesmo e se mutilar pode causar sérios problemas à saude do hamster, pois abrindo uma ferida o risco de infecções se desenvolverem no local é muito alto. Entender a raiz do problema e saber porquê o seu hamster está se ferindo é muito importante para ajudar o veterinário a resolver o problema.

Vejamos abaixo algumas possíveis causas para um hamster estar tentando arrancar seu pé fora:

Feridas


Feridas na pele, no músculo e até uma lesão óssea são causadores de forte dor. Um hamster pode arrancar uma pata se ela estiver incomodando. É uma forma um pouco dramática de aliviar o que está sentindo. Na natureza esses animaizinhos desenvolveram estratégias para sobreviver em meio aos predadores. Tudo o que estiver impedindo uma fuga fácil será eliminado. Se pararmos pra pensar, não é tão estranho assim arrancar uma parte do corpo. É uma forma que encontraram na tentativa de sobreviver de uma forma menos dolorosa do que ser devorado.

Ps.: Sempre forre os andares de sua gaiola, caso eles sejam de grade. Independente da espécie! Isso evitará que seu hamster fique preso (o que pode levá-lo a arrancar o membro fora pra se livrar) ou frature as patinhas e as remova a fim de não sentir mais dor.

Patinhas coçando


Alguns fatores podem fazer um hamster coçar seu pé frenéticamente a ponto de arrancar ou ferí-lo. São eles: coceiras por infestação de ácaros (causadores de sarna), pulgas, pele ressecada, micose, alergia à forração e até mesmo alergia a algum produto químico utilizado na limpeza dos alojamentos. Um hamster se coçar é normal, até porque alguns ácaros vivem em seu corpinho naturalmente. Porém uma infestação de ácaros pode desenvolver uma sarna e ela provavelmente causará muita coceira. É importante observar a necessidade de levá-lo a um veterinário caso precise.

Doenças


Pés doendo e/ou coçando podem ser sintoma de uma doença. Analise seu hamster com o intuito de identificar outros sintomas, como perda de pelos, ganho ou perda de peso repentinos, tumores etc. Automutilação somada a estes sintomas podem indicar alguma doença subjacente, incluindo o câncer.

Problemas neurológicos


Por acaso, um hamster pode apresentar um comportamento repetitivo (como roer os pés) e não ser necessariamente um sintoma de doença ou algo que tenha cura. Semelhante ao transtorno obsessivo compulsivo em humanos, comportamentos como esse podem indicar doenças de origem neurológica que num geral são incuráveis. Se após ir ao veterinário e todas as causas acima tiverem sido eliminadas e ainda assim o seu hamster continua a roer seus pés e corpo, a causa do problema pode ser neurológica. Esse é um caso muito delicado onde você deverá conversar abertamente com o seu veterinário e avaliar se existe um tratamento compatível ou se o seu animal não está sofrendo, e se essa não é a hora de optar por uma eutanásia.

Dica: Sempre mantenha o alojamento do seu hamster higienizado corretamente, e não use produtos químicos prejudiciais à saúde dele. Procure sempre mantê-lo com a mente ocupada, seja com brinquedos, tubos, rodinha, blocos de semente ou minerais para roer. Um hamster que tem espaço, higiene e enriquecimento ambiental é um hamster feliz e consequentemente com saúde mental.

Você já passou pela situação onde um de seus hamsters ficou sem a patinha por automutilação ou conhece alguém que tenha um que fez isso? Conta pra gente! Hambeijos :*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...